A violência contra a mulher é algo que permeia a nossa sociedade à algum tempo, e segundo a Organização Mundial da Saúde, a cada três mulheres. uma é submetida à violência doméstica.

Isso é horrível, e por isso devemos discutir e tentar evitar esse acontecimento. O problema, é que muitas mulheres que sofrem as agressões preferem não falar nada, acreditam que isso vai mudar, ou que vai passar, entre outros diversos motivos, e por isso se submetem ao parceiro.

Por isso, um grupo de ativistas irlandesas, criou uma campanha incrível, chamada “The Black” (ponto preto, em tradução livre). A campanha tem o propósito de ser uma forma das mulheres avisarem o que estão passando e receberem ajuda, sem precisar falar nada!

No caso, uma mulher desenha um ponto preto na sua mão, e as pessoas ao seu redor devem identificar isso e ajudá-la, e é por isso que nós te alertamos, se você ver alguma mulher com um ponto preto na sua mão, chame a polícia e ajuda para ela imediatamente!

Já foram constatados inúmeros casos em que o ponto preto ajudou a salvar uma mulher da violência, como por exemplo, Jacqueline Pavlicek, do Reino Unido, que enviou uma foto sua, com o ponto preto, para uma assistente social. E em pouco tempo recebeu ajuda e a polícia foi até a casa do seu marido.

Faça você também a sua parte, e saiba identificar esse código para ajudar as pessoas ao seu redor! Divulgue essa notícia para que cada vez mais pessoas entendam o “ponto preto”.

 

CONTINUAR LENDO
Olá! Eu me chamo João Pedro, tenho 17 anos, gaúcho e estou cursando o ensino médio, a algum tempo me dedico ao conhecimento e a busca por notícias e entretenimento. Também sou idealizador do projeto Olhar Online.