NASA encontra um gigantesco buraco no Sol que emite ventos solares três vezes mais rápidos

8094

O buraco na atmosfera do Sol, também conhecida como coroa solar, ocupa boa parte da metade superior da nossa estrela. A imagem captada pelo Observatório de Dinâmicas Solares da NASA mostra algo assustador a princípio. Parece até que um buraco enorme foi aberto no Sol.

É claro que é impossível perceber o buraco a olho nu. A própria imagem capturada possui um aspecto ultravioleta para poder mostrar o efeito. A zona mais escura representa uma área do Sol com menos material e que possui uma temperatura mais baixa (porém, é claro, que por ser o Sol ainda é quente pra caramba).

Ainda não se sabe exatamente por que estes buracos aparecem. Os buracos conhecidos como manchas solares são uma grande fonte de uma intensa atividade magnética devido ao fato de que a radiação nesses pontos escapa para o espaço ao invés de se dobrar sobre si mesma e voltar a atmosfera solar.

No caso dessa gigantesca mancha, a NASA acredita que suas partículas, principalmente elétrons e prótons,  se movem três vezes mais rápido que o vento solar normal.

Um estudo mais complexo sobre essa mancha é essencial para descobrirmos como as mudanças no Sol afetam a nossa magnetosfera e até o próprio clima terrestre. [NASA, Gizmodo]

CONTINUAR LENDO